Como se Cooperar

Como se Cooperativar

Para se tornar um dos nossos cooperados, o anestesiologista deve estar submetido aos critérios a seguir:

I) Estar regular com o Conselho Regional de Medicina, ser associado à SBA- Sociedade Brasileira de Anestesiologia, e sua regional SAEB – Sociedade de Anestesiologia do Estado da Bahia, estando regular para com as mesmas na categoria em que for admitido.

II) Estar inscrito como autônomo no ISS e INSS.

III) Possuir ou estar apto a requerer o Título de Especialista em Anestesiologia.

IV) Apresentar fotocópias das seguintes documentações: inscrição no Cremeb, CPF, ISS, INSS autônomo, diploma de graduação, título de especialista registrado no Cremeb, currículo sucinto e uma foto 3×4.

V) Preencher a ficha de admissão, que deve ser assinada por dois cooperados proponentes.

Todo esse material é submetido à avaliação do conselho técnico da COOPANEST-BA, e, obtendo parecer favorável, o médico se torna um cooperado.

Direitos e Deveres dos Cooperados

Direitos

Conhecer na íntegra o estatuto da COOPANEST-BA, participar das atividades promovidas pela cooperativa, votar e ser votado, tomar conhecimento, a qualquer tempo, dos atos administrativos e dos registros fiscais e contábeis.

Deveres

Cumprir as normas éticas e profissionais, cumprir os contratos da cooperativa, subscrever e realizar cotas partes, obedecer aos estatutos, zelar pelo nome da cooperativa, responsabilidade das cotas partes subscritas.

Mercado de Trabalho

Sendo o cooperado da COOPANEST-BA, o médico anestesiologista profissional liberal pode atuar livremente no mercado de trabalho. Ele pode manter-se como cooperado, atuando nos serviços de anestesiologia, no tratamento da dor e consultórios, e assim oferecer seus serviços, individualmente ou organizados, aos hospitais e clínicas. Tudo isso mantendo a competitividade e a qualidade dos serviços prestados.